Duca Leindecker nasceu em Porto Alegre, em 1970. Iniciou sua carreira artística aos treze anos e, de lá para cá, construiu uma sólida trajetória como instrumentista, compositor, produtor artístico e escritor.

No início dos anos 90 foi convidado por Bob Dylan para, juntamente com Frank Solari, viajar pelo Brasil. Ganhou quatro troféus Açorianos de música.

Seu primeiro livro, A Casa da Esquina, se tornou um best-seller, com mais de 12 edições.

O segundo, A Favor do Vento, já tem roteiro adaptado para o cinema. Sua obra tem amplo trânsito nas escolas e universidades.

Em 2013, lançou seu terceiro livro, O Menino que Pintava Sonhos.

Além da música, Duca Leindecker também apresenta uma Palestra Pocket, da qual é organizada em três partes:

1. Música e Literatura - traça um paralelo entre os estilos de música e de literatura criando assim um elo entre a gurizada e a literatura.

2. Opção Profissional - fala da importância e das conseqüências dessa escolha.

3. Sexo, Drogas e Rock'n Roll - aborda a problemática das drogas com leveza, a vulgarização da imagem do sexo e ao final da uma canja (principais músicas de sua carreira) que ilustra o Rock'n Roll.